Irradiação psíquica

Há uma irradiação psíquica constante que realizamos automaticamente em nosso derredor - André Luiz, em suas obras através da psicografia de Chico Xavier o chama "hálito mental". As pessoas sensíveis, mediunicamente falando, sentem com precisão o estado do ambiente e das pessoas que o compõem pelo fato de perceberem este tipo de irradiação.

A irradiação psíquica pode ser projetada à distância, junto ao pensamento e sentimentos em relação a algo ou alguém, através da vontade. Desta forma, é fácil entender que somente pode doar alguma coisa, aquele que a possui de fato. Os bons sentimentos, os bons pensamentos, os bons atos vão plasmando na "atmosfera espiritual" (menos densa do que estamos acostumados) da criatura, uma tonalidade vibratória e uma quantidade de fluidos agradáveis e salutares que poderão ser mobilizados através da vontade dirigida.

As condições básicas para realizar-se uma irradiação são: frugalidade na alimentação; abster-se dos vícios, fumo, álcool, etc.; evitar conversação de baixo palavreado e de imagens pouco dignas; dominar os sentimentos passionais e instintivos; procurar ter comportamento ético a fim de dispor de elementos fluídicos de boa qualidade para transmití-los.

Os fluidos espirituais também se submetem à lei das proporções, isto é, não é pelo fato de alguém pedir excessivamente em favor de muitos, que conseguirá seu desiderato, o seu fim. Cada um de nós movimentamos quantidades relativas dessas forças, que podem ser ajuntadas como as do "mundo espiritual" proporcionalmente, sendo então carreadas para o seu objetivo.

Deve-se focalizar o pensamento, restringindo-o a certa área, pessoa ou grupo de pessoas, para que ele seja o sustentáculo dessa força. Isto quer dizer que a irradiação deve focalizar alguém, alguns, ou uma situação determinada. O potencial movimentado é aplicado de acordo com o critério que a Espiritualidade achar conveniente. Não há multiplicação dessas forças, mas sim, que a quota proporcionada soma-se a outras com o mesmo objetivo e são capazes, então, de auxiliar o objeto.

Referência bibliográfica:
"Vinha de Luz" - Emmanuel, psicografia de Chico Xavier;
"Fonte Viva" - Emmanuel, psicografia de Chico Xavier;
"Palavras de Vida Eterna" - Emmanuel, psicografia de Chico Xavier.

2 Comments

Leave a Reply