Ogum Humaita

Longe de devaneio,tal ligação Ogum-Humaitá está baseada em fatos.

Segundo a tradição(aliás, referendada pela posição oficial do exército) Ogum é o mais "brasileiro" de todos os Orixás, contando-se que surgiu tal devoção das tropas, na batalha de Humaitá(1868) .Como agradecimento, na figura de São Jorge, recebeu não só posto como também soldo no exército, instituindo-se o hábito(que dura até hoje)
de, em suas festas, ter a imagem carregada triunfalmente e escoltada por viaturas militares(Importante lembrar que muitos santos católicos foram tão militares quanto São Jorge).

Na época ,Caxias para elevar o número de soldados ,prometera a liberdade à escravos de determinadas regiões do Brasil que lutassem ;Porém em outras regiões muitos negros foram obrigados a participar do exército sem direito a nada .Nas senzalas os Pais e Mães de Santos firmaram ponto ao Pai Ogum(Os escravos arrebanhados pelo exercito eram somente da região sudeste e sul do Brasil onde o sincretismo era com São Jorge e não com São Sebastião comum no nordeste,mais basicamente na Bahia) para que protegesse seus filhos ,maridos, netos e irmãos. Ao término da Batalha de Humaitá as tropas de Caxias saem vencedoras .

Na mesma noite a vitória( 25 de julho de 1868) era anunciada nos terreiros das senzalas pelos sacerdotes seguindo-se de uma grande festa batendo-se tambores e
entoando curimbas ao Pai Ogum .Fato que chamou a atenção de muitos
senhores de escravos que queriam saber o motivo de tal festejo com gritos de “esse esse pato caiu orgulhê”(na realidade “Jéssê Jéssê Patacorí Ogum Iê” porem como não conheciam a língua africana entendiam erradamente) .Se algum senhor de escravo procurou saber na hora ou não é uma incógnita, já que historicamente é assinalado em vários registros que nesta data os negros passaram a comemorar festivamente São Cristovão ;Porém a região mais densamente povoada na época (litoral do sudeste e nordeste)e com maior concentração de negros receberam a notícia(tardia para os brancos ) da vitória brasileira nos campos de Humaitá quase 30(trinta) dias depois da noite de festas(vide obras “FAZENDAS E SENZALAS-1750 a 1899” e “BRASIL IMPERIO-UM PAIS EM GUERRA”).

Adendo= Em registros particulares de minha família ,onde desde meus tetravós foram possuidores de fazendas confirmam tais fatos narrados nos livros acima citados .



Humaitá vem do dialeto Asuriní “mbai’a itá” que significa cobra de pedra(mbai’a=cobra e ita=pedra).

Humaitá era o nome de um forte , principal ponto de defesa paraguaia, na confluência dos rios Paraguai e Paraná,cuja região que o circundava ganhou tb este nome originado por uma característica comum na região sul que são as muradas baixas de pedras, lembrando uma grande e comprida cobra de pedra,que circundam as imediações das propriedades rurais .

Umbanda tem história e fundamentos que podem ser atestados sob a luz da lógica,da razão e da verdade que formam o tripé que norteia esta maravilhosa religião .Se algum destes faltar a falsidade,a mistificação e o absurdo se farão presentes e certamente servirão de pedras a serem lançadas contra nós mesmo.

Anjo Ariano
Luz e Paz.

One Comment

Leave a Reply