Escora

Por Anjo Ariano

A Escora é um Exu. São na totalidade Exus Doutrinados e devidamente preparados para exercer a função de nos dar proteção (em nível de plano material) defendendo-nos de investidas de espíritos do Astral Inferior bem como da ação psíquica de encarnados, porém é sempre bom salientar que seus limites estão no karma de cada
protegido pois são obrigados a acatar a Lei do Livre Arbítrio ,a Lei do Retorno e a Leis da Ação e Reação .

Quando ainda estamos na Espiritualidade em processo final de preparo para reencarnar ,nosso Mentor e futuro Guia de Cabeça escolhe um Exu que esteja apto levando em conta não só o preparo técnico mas também a similitude kármica dele para conosco .O Exu por sua vez abraça este trabalho com amor e gratidão e executa de forma exemplar com carinho e dedicação até fim de nossos dias na Terra.


A similitude kármica é necessária pelo fato que a Escora acompanha-nos quase que 24 horas por dia( desconta-se apenas os horários de sono ou de Templo) o que faz de nós um exemplo para Eles.

Se agimos corretamente aprendem pelo bom exemplo mas se agimos erroneamente servimos de mau exemplo pois Eles estão como nós em fase evolutiva associada a um processo kármico denso. Isto faz de nós ou bons professores e assim além de nos melhorarmos contribuímos com a evolução Deles e assim teremos o mérito em dobro , ou nos tornamos péssimas companhias(e o pior obrigatórias porque as Escoras não abandonam a missão) e assim além de nos endividarmos infligimos a Eles um processo evolutivo lento e penoso( pois para contrabalançar Eles tem que assumir tarefas extras nos horários livres que normalmente utilizam para aprimorar seus estudos espirituais ) e assim nossa falha é dupla e nossas dívidas serão em dobro.
A Escora responde diretamente ao nosso Mentor (Guia de Cabeça) que por sua vez responde diretamente ao nosso “Anjo da Guarda” pois o espírito em processo de encarnação é um dos pontos de extrema importância na Espiritualidade Superior ( e nós vemos tantas pessoas não dando o valor devido a própria existência para mais tarde acordarem para a irresponsabilidade praticada ).

Como a Escora é um Exu e evidentemente não pertence a classe dos Espíritos Puros todas já tiveram encarnações na Terra e ao final de sua missão normalmente recebem o prêmio de uma reencarnação com a qual irá proceder a sua mudança de faixa vibratória e evolutiva ,ou seja quando voltar para a Espiritualidade já será um espírito apto a trabalhar junto as Falanges Primárias (Caboclos ou Pretos Velhos ,onde a forma será determinada por outras encarnações passadas);

Porém se optar por continuar na Espiritualidade irá passar pelo processo de cruzamento por Falanges Auxiliares (Boiadeiros, Baianos ,etc, onde a forma também será determinada por outras encarnações passadas) até poder atingir as Falanges Primárias. Note que o processo reencarnatório é mais rápido que a permanência na Espiritualidade porque a purificação kármica através da reencarnação é mais eficiente devido ao elevado grau de dificuldade e experiências que o espírito é submetido juntamente com o esquecimento que todos encarnados possuem no tocante a vidas passadas e do Plano Espiritual que fazem da vida um verdadeiro teste sobre os verdadeiros conceitos e valores reais que o espírito aflora para ele mesmo.

A Escora normalmente não incorpora mas quando tem a permissão para trabalhar também nos Templos(veja que neste caso está utilizando seu tempo vago) incorpora exclusivamente no seu protegido . Desta forma a regra é incorporarmos os ditos Exus de Trabalho e a exceção é termos a Escora como Exu de Trabalho.

Quanto a fazer oferendas para Ela é adequado se aconselhar com o Mentor Espiritual do Templo quando ainda não se é um médium desenvolvido , porém se já é médium desenvolvido o Guia de Cabeça irá orientar satisfatoriamente, mas segue abaixo alguns procedimentos que são benéficos seguir:

1) Nas orações ao se deitar agradeça ao Amigo pela proteção do dia que se finda e se desculpe pelas falhas que cometeu que não serviram de bons exemplos e ofereça um Pai Nosso.

2) Nas orações ao acordar agradeça a presença do Amigo e prometa o esforço em praticar bons atos para que ambos usufruam e ofereça um Pai Nosso

3) Acenda pelo menos uma vez na semana uma vela branca para Ele.

4) Nunca (NUNCA MESMO) peça nada para você a Ele (pois a Escora já faz muito não é verdade?).Acostume-se a pedir pelos outros (logicamente para pessoas de fora do círculo familiar) oferecendo a Ele uma oportunidade extra de trabalho para as horas vagas. Desta forma a Escora pode ou assumir o trabalho ou exercer a caridade de
delegar a outro espírito mais necessitado e assim adquirir mais méritos ainda.

5) Evite de falar Dela para os outros. As vezes superestimando sua condição a envergonhamos pois passa a se sentir impotente,e se a subestimamos estamos sendo ingratos.

6) Lembre-se sempre: A Escora não é responsável pela nossa área de evolução espiritual plena atuando somente na nossa defesa., portanto não nos intuem a não ser em assuntos do plano material que envolvem nossa segurança física e espiritual.

7) Se é médium desenvolvido e trabalha com a sua Escora cuidado ao escolher onde frequentar. Bons Templos são essenciais em qualquer caso porém neste particularmente é de extremada importância pois as consequências de Ela atuar em locais duvidosos podem ser desastrosas para ambos.

8) E o mais importante de todos acima. Agradeça sempre ao Criador pelo Amigo pedindo a iluminação Dele .

OBS= Embora seja óbvio é sempre bom lembrar que:
1) Escora é o nome dado na Umbanda à um cargo assumido por um Exu.
2) Exu é o nome dado na Umbanda à um cargo assumido por um Espírito levando-se em conta o grau evolutivo.

Luz e Paz.
Anjo Ariano

One Comment

Leave a Reply